Header Ads

Mulher que acusa Neymar de estupro tem dívida de 30 mil reais além de ação de despejo

(Foto: Divulgação)
Parece que o jogo está virando na vida do jogador Neymar Jr, após o camisa 10 sofrer acusações de estupro em Paris, no último final de semana. A identidade da jovem já foi revelada e agora, a sua vida está sendo revirada de cabeça pra baixo.

Durante uma entrevista com o pai do jogador, o nome da mulher, que até então tinha sido ocultado no Boletim de Ocorrência, foi divulgado. Trata-se de Najila Trindade Mendes de Souza, de 26 anos.



Na tentativa de esclarecer o assunto, Neymar acabou expondo as conversas intimas com Najila. Não é possível dizer se houve ou não o estupro, conforme o conteúdo das mensagens. No entanto ele afirma que a relação foi consensual. Ambos combinaram inclusive um segundo encontro, uma vez que ainda tinham “coisas a acertar”.

De acordo com o Blog do Paulinho, há indícios de que Najila poderia ter criado uma situação para se beneficiar.



Foi descoberto que um dia antes dela prestar queixa contra Neymar, na última quinta-feira (30), que o juiz Luiz Raphael Nardy Lemcioni Valdez, da 6ª Vara Civil de Santo Amaro, a condenou à revelia, por conta de alugueis atrasados desde agosto de 2018. Najila ia ser despejada da residência onde morava, localizado à Rua Adolpho Pinheiro, no bairro de Santo Amaro, em São Paulo.

Ela teria que pagar o valor de R$ 26.712,00, acrescidos de multa de três meses de aluguel, além de custos processuais. A ação foi promovida por Marcus Viniccius Picconi e Verena Regina Fiori Ferreira e distribuída em 19 de março de 2019. Provavelmente Neymar e Najila já estariam tendo contato nesse período.



Ela teria sido acionada também pela Escola Panamericana de Artes, onde tem uma pendência de R$ 4.160,77 reais, um mês antes. No entanto o processo segue em trâmite, já que oficiais de justiça ainda não conseguiram citá-la.

Antes destas datas, Najila não possuía débitos registrados nos órgãos de proteção.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.