Header Ads

App de táxi feminino é criado para combater assédio e desemprego no Egito

(Foto: Divulgação)
Dois jovens egípcios que estudaram em Londres se inspiraram no papel que as mulheres estão tendo no mercado de trabalho britânico com cada vez mais espaço. Com isso criaram um aplicativo de táxi feminino para combater o assédio sexual e oferecer trabalho a mulher egípcias.

Os rapazes Mostafa El Kholy e Abdallah Hussein, de 26 anos, lançaram a mais ou menos dois meses o Fyonka (Laço, em árabe) um aplicativo similar ao Uber mas só mulheres podem usar tanto motoristas como clientes. O Egto ainda é um dois vários países que enfrenta resistência para criar em pregos para mulheres.

O Fyonka atualmente emprega 30 motoristas e treina mais 200 para, pouco a pouco, abrir as portas para "empregos tradicionalmente não aceitáveis" para mulheres, embora essa não seja a único objetivo.

Tecnologia do Blogger.