Header Ads

Instagram passa a impedir videos de shows ou com música nos stores.

(Foto: divulgação)
A nova era do instagram começou. A empresa passou a censurar stores que mostrem músicas protegidas por direitos autorais. Isso vale para quem grava em shows e apresentações ao ar livre ou simplesmente aparece dançando alguma música dentro da sua própria casa. O usuário recebe uma notificação onde deixa o stores 'mudo' e sugere que o usuário exclua.


A medida já passou a ser adotada nos EUA e em alguns perfis no Brasil isso já acontece. A intenção da empresa é que isso seja implementada no mundo inteiro até o fim de 2019. No Brasil a promessa é que isso ocorra por completo até final de Abril. Diversos usuários já reclamam da medida, o instagram já adiantou que não será revertida.


A Culpa é de uma lei europeia chamada ''artigo 13''. O Artigo 13 faz parte de um plano de reforma sobre direitos autorais que, se entrar em vigor, terá validade nos países que compõem a União Europeia. O projeto foi apresentado em 2016 e, apesar de uma intensa campanha contrária, recebeu aprovação pela Comissão de Assuntos Jurídicos do Parlamento Europeu.

(Reprodução: Instagram)
Basicamente, o Artigo 13 determina que plataformas online, independente de tamanho ou do tipo de serviço oferecido, filtrem uploads de conteúdo para combater a violação de copyright por parte dos usuários.Os defensores da lei afirmam que a iniciativa tornará o mercado mais justo e sustentável para criadores de conteúdo, imprensa e afins. Já os que se opõem à ideia temem por um cenário restritivo o suficiente para dificultar a liberdade de expressão e até a viabilidade de determinados negócios baseados na internet.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.