Header Ads

Policia Civil do Amazonas prende suspeito de matar sobrinho e a tia e revela motivo do crime.

(Divulgação)

Ângelo Ricardo da Silva Leocadio Júnior, de 18 anos, preso pela polícia por assassinar a idosa de 70 anos Arlete Almeida e o sobrinho dela, Alexsandro Matheus Araújo de Lima, 31, matou as duas vítimas após negar sexo com o vendedor. A informação foi divulgada nesta segunda-feira (17) durante coletiva de imprensa em Manaus.

Segundo a Polícia Civil, Ângelo confessou o crime e disse que havia marcado pela rede social Facebook de manter relações sexuais com Alexsandro. Porém, na hora H, ele negou o sexo e acabou travando luta corporal com Alexsandro, terminando por matar o vendedor e a tia dele. As vítimas foram mortas brutalmente dentro de casa e tiveram as cabeças esmagadas.

Ainda segundo a Polícia Civil, Ângelo disse que conheceu Alexsandro pelo Facebook uma semana antes do crime. Eles marcaram um encontro sexual no dia 3 de dezembro na casa da vítima, que fica na rua Dez do conjunto Hileia, bairro Planalto, Zona Centro-Oeste da cidade. Durante o desentendimento entre eles, o suspeito jogou o vendedor no chão, que acabou batendo a cabeça e desmaiando.

Em seguida, conforme a polícia, o infrator executou Alexsandro. A idosa de 70 anos, ao se deparar com o sobrinho morto, questionou o que havia acontecido, e também foi morta da mesma maneira. Agora, Ângelo Ricardo foi indiciado por duplo homicídio qualificado e será encaminhado ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), presídio que fica localizado no Km 8 da rodovia federal BR-174.
Tecnologia do Blogger.