Header Ads

17 pessoas que prestaram depoimento contra João de Deus morreram.

(Foto: divulgação)
A polêmica envolvendo o João de Deus só aumenta. O Jornal a Folha de São Paulo publicou uma reportagem sobre coisas estranhas que aconteceram na delegacia onde o o médium foi ouvido. Segundo a própria delegada, houve gritos, ar condicionado quebrou, fio estourou e até o escrivão sofreu acidente a caminho da delegacia e quebrou o braço.


Cerca de 400 denuncias já foram registradas contra João de Deus, dessas 400, cerca de 17 testemunhas morreram, 5 fora do País. Tudo indica até o momento que foi por ''causas naturais''. Luiza aparecida nonato de 57 anos sofreu um AVC em Goiânia.


Herminia Ferreira dos Santos de 45 anos teve uma parada cardíaca em Recife. Um dos relatos vem de fora do País. Na Califórnia Jennifer Stephanie de 31 anos teve aneurisma cerebral e morreu. Todas haviam apresentado denuncia contra João de Deus. O que chama atenção é que as mortes aconteceram num intervalo de 7 dias.


Tecnologia do Blogger.